sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Reconstrução da Capela



A sua reconstrução envolveu o trabalho de muitas pessoas e também, como seria óbvio ,o dispêndio de alguma quantia em dinheiro. Algumas dessas pessoas doaram as imagens do Stº António, da Nª Sª de Fátima e do Sº João, outras os pequenos acessórios inerentes ao contexto da igreja católica.
A reconstrução em termos de interiores foi concentrada objectivamente no altar e nas pinturas ,que foram efectuadas com ouro velho nas madeiras consumidas pelo tempo. O púlpito existente também "sofreu" algumas remodelações, não afectando a sua estrutura, por sua vez o coro teve que ter uma maior atenção, visto o mesmo estar num estado de ruína já muito adiantado.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Festividades Nª Sª de Boa Morte




Em honra da Nª Sª de Boa Morte têm-se realizado todos os anos, após a reinauguração da sua capela, festividades que se iniciam com uma missa, à qual se segue uma procissão que percorre uma parte da povoação. As mesmas decorrem durante o mês de Julho, verificando-se uma grande afluência de forasteiros que contribuem para a sua maior visibilidade e dinâmica.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Capela Nª Sª de Boa Morte





A capela existente e denominada por Nossa Senhora de Boa Morte,esteve durante anos a degradar-se tendo chegado a um estado deplorável. No entanto, por iniciativa do Sr. Joaquim Fernandes Correia e esposa, foi encetado um peditório para a reconstrução da mesma. O contributo monetário oferecido pelos habitantes e outro benfeitores,veio ajudar à sua recuperação. Hoje totalmente reconstruída, oferece a todos os visitantes uma imagem generosa da sua beleza.
O culto a Nossa Senhora de Boa Morte é uma tradição da igreja católica. No ano de 1661, em Lombo do Atouquia, freguesia de Calheta, Açores, já existia uma capela da Nossa Senhora de Boa Morte, fundada por Francisco Homem de Couto. O culto passou fronteiras tendo a sua maior presença no Brasil.
Em relação à Virgem, o título Senhora de Boa Morte está ligado ao final da oração denominada "Avé Maria": "Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte".

O TEMPO JÁ NÃO É O QUE ERA

Em alguns locais da vila de Oliveira de Frades o gelo atingiu "quase um metro". A "saraivada" ocorreu cerca das 16...