sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

A Fonte/Mina



As minas assemelham-se a bacias, nas quais se acumula água pura,cristalina, e fresca. À volta da mina tudo é vida, tudo é verde, crescem Avencas e outras plantas inerentes ao ambiente circundante. E se estamos com sede é banhar as mãos em forma de concha e sorver ávidamente a água fresca e limpída. É impossível beber água numa mina sem ter pensamentos de gratidão por haver na natureza algo de tão belo.
Passados alguns anos e ao voltar à velha mina/fonte que eu conheci em menino e moço, encontrei-a completamente abandonada e decrépita pela erosão do tempo. Hoje só ficam as lembranças do pedido, que se fazia normalmente à minha tia Maria,( isto na altura das férias e no pino do verão) de ir buscar um jarro com água da fonte. A água fresca(por vezes o jarro de vidro ficava embaciado) saciáva-nos e deixáva-nos retemperados.

Sem comentários:

O TEMPO JÁ NÃO É O QUE ERA

Em alguns locais da vila de Oliveira de Frades o gelo atingiu "quase um metro". A "saraivada" ocorreu cerca das 16...