quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Cruzeiro/Alminhas





                   

Existem na povoação e a eles se associa duas possíveis tipologias funcionais.
A primeira ligada a um percurso espiritual e simultaneamente fisico, o caso das cerimónias religiosas...a procissão.
As cruzes simples ou ostentando a imagem de Cristo, ora invocam a protecção para o viajante, ora celebram determinado acontecimento, ora simbolizam o calvário (via-sacra).
Estas manifestações de religiosidade são essencialmente cristãs, embora se filiem e tenham antecedentes de origem pagã.
Existem elementos que nos levam a querer que existia um elo de ligaçao entre capelas ou entre aldeias pertencentes à mesma paróquia. Caso disso é o facto de na páscoa, o pároco ter de percorrer as casas de todos os seus fiéis, acompanhado pelo seus paroquianos e o cruzeiro era o local onde se esperava a procissão da vizinha aldeia para receber então o padre.
A segunda função teria o condão de proteger os caminhantes(viajantes) das almas penadas que costumavam habitar nas encruzilhadas dos caminhos ou estradas. Pude constatar que a grande maioria destas cruzes e alminhas são amiúde ornamentadas por zelosas devotas com flores e lamparinas, ganhando um alento renovado no mês de Novembro, mês das almas e dos fiéis defuntos e em outras ocasiões específicas.

Sem comentários:

Portugal e Brasil unidos com troca de afetos em Lafões

Portugal e o Brasil têm inestimáveis laços construídos ao longo de centenas de anos. Países irmãos, cujas histórias se cruzam e entrelaçam c...