segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Antelas nos anos "dourados" do Raly de Portugal





Mais de treze anos separam as duas fotos publicadas.

A primeira, ilustra a passagem de Richard Burns  pela difícil classificativa do Ladário no decurso da trigésima segunda edição do Rali de Portugal, disputada em 1998.

A outra foi tirada no decurso do presente mês de Agosto, funcionando como um testemunho visual actualizado do mesmíssimo local.

Trata-se, em suma, de uma longa esquerda já no quilómetro final da classificativa, próximo da bonita povoação de Antelas, que foi ao longo dos anos reunindo preferência de muitos adeptos pela fácil acessibilidade a partir do antigo IP5, mas acima de tudo devido à espectacularidade como os pilotos negociavam a sua abordagem através do desequilíbrio dos bólides durante o processo de travagem [arte bem visível, aliás, no pequeno excerto de imagens que abaixo colocamos], para depois acelerarem convictamente em poderosos mas controlados power-slides.

Não conhecíamos pessoalmente a classificativa de Ladário [um interessantíssimo elo de ligação entre as zonas de Sever do Vouga e Oliveira de Frades, ambas de grande relevo no contexto da história do Rali de Portugal] pelo que corrigimos tal lacuna em recente périplo exclusivo pelo local.

Disputado nos anos setenta e regressado na segunda metade da década de noventa [há pequenas diferenças no percurso da classificativa relativamente a essas duas realidades do Rali de Portugal], o troço do Ladário em 1997 disputou-se em sentido contrário ao que a foto de Richard Burns/Robert Reid acima ilustra, pelo que a longa esquerda no final da classificativa deu então lugar a uma direita logo no seu início, como pensamos, embora sem certezas, documentar a foto que abaixo republicamos, com Kenneth Eriksson/Staffan Parmander aos comandos do Subaru Impreza WRC.
http://zona-espectaculo.blogspot.pt/2011


CLASSIFICATIVA: Ladário [em algumas edições do Rali de Portugal teve as designações oficiais de «Ladário/Oliveira de Frades» e «Oliveira de Frades/Ladário»].
PISO: Terra/gravilha.
ANOS EM QUE SE DISPUTOU [Rali de Portugal]: 1974 a 1978, 1995 e 1997 a 1999 [edições em que a prova foi pontuável para o campeonato do mundo de Ralis].

ANO: 1974.
EXTENSÃO: 9.00 kms.

- LADÁRIO '1':
VENCEDORES: Raffaele Pinto/Arnaldo Bernacchini.
CARRO: Fiat Abarth 124 Rallye.
TEMPO REALIZADO: 7m:31s.
MÉDIA HORÁRIA: 71.84 kms/h.

- LADÁRIO '2':
VENCEDORES: Raffaele Pinto/Arnaldo Bernacchini.
CARRO: Fiat Abarth 124 Rallye.
TEMPO REALIZADO: 8m:29s.
MÉDIA HORÁRIA: 63.65 kms/h.

ANO: 1975.
EXTENSÃO: 9.00 kms.
VENCEDORES: Ove Andersson/Arne Hertz.
CARRO: Toyota Corolla.
TEMPO REALIZADO: 7m:57s.
MÉDIA HORÁRIA: 67.92 kms/h.

ANO: 1976.
EXTENSÃO: 9.00 kms.
VENCEDORES: Ove Andersson/Arne Hertz.
CARRO: Toyota Celica 2000 GT.
TEMPO REALIZADO: 7m:22s.
MÉDIA HORÁRIA: 73.30 kms/h.

ANO: 1977.
EXTENSÃO: 9.00 kms.
VENCEDORES: Ari Vatanen/Peter Bryant.
CARRO: Ford Escort RS 1800.
TEMPO REALIZADO: 7m:30.
MÉDIA HORÁRIA: 72.00 kms/h.

ANO: 1978.
EXTENSÃO: 9.00 kms.
VENCEDORES: Bjorn Waldegard/Hans Thorszelius.
CARRO: Ford Escort RS 1800.
TEMPO REALIZADO: 7m:25s.
MÉDIA HORÁRIA: 72.81 kms/h.

ANO: 1995.
EXTENSÃO: 11.43 kms.
DESIGNAÇÃO: «Ladário/Oliveira de Frades».
VENCEDORES: Carlos Sainz/Luís Moya.
CARRO: Subaru Impreza 555.
TEMPO REALIZADO: 8m:07s.
MÉDIA HORÁRIA: 84.49 kms/h.

ANO: 1997.
EXTENSÃO: 11.19 kms.
DESIGNAÇÃO: «Oliveira de Frades/Ladário».
VENCEDORES: Tommi Makinen/Seppo Harjanne.
CARRO: Mitsubishi Lancer Evo 4.
TEMPO REALIZADO: 8m:28s.
MÉDIA HORÁRIA: 79.30 kms/h.

ANO: 1998.
EXTENSÃO: 11.22 kms.
DESIGNAÇÃO: «Ladário/Oliveira de Frades».
VENCEDORES: Colin McRae/Nicky Grist.
CARRO: Subaru Impreza WRC.
TEMPO REALIZADO: 8m:17s.
MÉDIA HORÁRIA: 81.27 kms/h.

ANO: 1999.
EXTENSÃO: 11.26 kms.
DESIGNAÇÃO: «Ladário/Oliveira de Frades».
VENCEDORES: Richard Burns/Robert Reid.
CARRO: Subaru Impreza WRC.
TEMPO REALIZADO: 7m:43s.
MÉDIA HORÁRIA: 87.48 kms/h.



Sem comentários:

Portugal e Brasil unidos com troca de afetos em Lafões

Portugal e o Brasil têm inestimáveis laços construídos ao longo de centenas de anos. Países irmãos, cujas histórias se cruzam e entrelaçam c...