segunda-feira, 10 de agosto de 2015

PROVÉRBIOS de JULHO

“Em Julho eu o ceifo e o debulho.”
 
“Em Julho tudo farás, só o teu verde não ceifarás.”
 
“Julho sem pulgas no cão, vento norte e muito frio é sinal de pouco pão.”
 
“Água de Julho no rio não faz barulho.”
 
“Julho claro como olho de gado.”
 
“Julho passado sem pré foi melhor.”
 
“Julho fresco, Inverno chuvoso, estio perigoso.”
 
“Não há maior amigo que o Julho com seu trigo.”
 
“Ao quinto dia verás que mês terás.”
 
“Por muito que Julho queira ser, pouco há-de chover.”
 
“Frio de Julho abrasa em S. Tiago (dia 25).”
 
“Pelo S. Tiago pinta o bago e cada pinga vale um cruzado.”
 
“Nevoeiro de S. Pedro põe em Julho o vinho a medo.”
 
“Chuva de Julho: Santa Marinha vem com a cabacinha e S. Tiago com o canado.”
 
“Água de Julho, no rio não faz barulho.”

“Julho quente, seco e ventoso, trabalha sem repouso.”

“Não há maior amigo do que Julho com seu trigo.”

“Nevoeiro de S. Pedro, põe em Julho o vinho a medo.”

“Quem em Julho ara e fia, Ouro cria.”




Sem comentários:

Portugal e Brasil unidos com troca de afetos em Lafões

Portugal e o Brasil têm inestimáveis laços construídos ao longo de centenas de anos. Países irmãos, cujas histórias se cruzam e entrelaçam c...