quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

O ÚLTIMO ADEUS(29-10-2018)

Partiste deixando-nos mais pobres, a tua nobreza de carácter e o sentido de vida que transmitis-te a todos os que privaram contigo ficará sempre como referência.
Obrigado Pai, pela pessoa que sempre esteve presente nos momentos da vida, os bons e os menos bons e pela dignidade que partilhas-te ao longo dos teus 92 anos.
Que descanses num remanso de onde nos possas observar. ADEUS!




domingo, 8 de julho de 2018

FESTAS em ANTELAS-2018




Com o Verão, chegam as tradicionais festas que se realizam desde a mais pequena aldeia até à grande cidade.
Antelas não foge à regra e irá receber de braços abertos todos aqueles que sentem o apelo às suas raízes.
Os forasteiros também por lá passarão com a finalidade de poderem apreciar o convívio das gentes de Antelas, acabando por entrar no bailarico.....

DÓLMEN de ANTELAS

O Dólmen de Antelas está classificado como Monumento Nacional, tal a sua importância arqueológica, considerada um dos mais interessantes monumentos megalíticos do País. 

No exterior, a sua simplicidade e quase abandono não deixa antever o grande interesse que se encontra no interior: as pinturas decorativas patentes na câmara funerária, a preto e vermelho, expostas pela primeira vez em 1956 após importantes escavações arqueológicas. 
As pinturas e gravuras apresentam composições esquemáticas (geométricas), simbólicas (abstractas) e seminaturalistas (figurativas) de grande interesse. 

Pensa-se que a construção deste Dólmen terá ocorrido entre 3990 e 3700 a.C., sendo constituído pela câmara funerária, definida por oito esteios graníticos, com cerca de 2,5 metros de altura, e um corredor diferenciado da câmara, que se abre a nascente. O Dólmen estaria ainda dotado de um corredor intratumular e de um átrio de acesso, oval, que seria provavelmente o local das cerimónias religiosas e fúnebres. 

O Dólmen de Antelas encontra-se encerrado ao público, podendo, não obstante, ser visitado, contactando a Câmara Municipal de Oliveira de Frades. 




terça-feira, 9 de janeiro de 2018

CINZAS....

A nossa região foi uma das que mais sofreram com os incêndios. Uma recordação bem amarga na mente de todos aqueles que sofreram as agruras do fogo.




sábado, 5 de agosto de 2017

Portugal e Brasil unidos com troca de afetos em Lafões

Portugal e o Brasil têm inestimáveis laços construídos ao longo de centenas de anos. Países irmãos, cujas histórias se cruzam e entrelaçam como só nas famílias acontece. E é por isto tudo e muito mais que no próximo dia 6 de Agosto a aldeia da Prova, freguesia de Pinheiro de Lafões, recebe um almoço de confraternização entre os elementos do Rancho Folclórico da Casa de Viseu do Rio de Janeiro e as Confrarias Saberes e Sabores da Beira, de Lafões e do Frango do Campo. Uma iniciativa memorável que promete perpetuar laços.




sábado, 22 de abril de 2017

O TEMPO JÁ NÃO É O QUE ERA




Em alguns locais da vila de Oliveira de Frades o gelo atingiu "quase um metro". A "saraivada" ocorreu cerca das 16h 40' e não durou mais de 20 minutos(19-04-17).
Outonos mais chuvosos, primaveras e invernos com cada vez menos chuva e termómetros, em média, progressivamente mais quentes, com estações do ano a diferenciar-se cada vez menos. Estes são alguns dos resultados do primeiro projeto, multidisciplinar, para conhecer o clima de Portugal nos últimos 400 anos. Os resultados confirmam: o tempo já não é o que era.




PAI

HOUSE

Últimos Posts